O que fazer em Bogotá, capital da Colômbia? - Tem criança na viagem
Buscar
O que fazer em Bogotá, capital da Colômbia?
26/11/2019
Tempo de leitura: 2 minutos.

Se você acha que Bogotá deve ser semelhante à maior parte das capitais da América do Sul, está certo. E errado.

Tem todos os traços indígenas e culturais muito presentes nos países andinos, a arquitetura colonial e centenária, o caos do trânsito… Mas tem também suas particularidades, como a paixão pela história e pela arte, a culinária deliciosa e a temperatura: o ano inteiro varia de 10ºC a 20ºC.

Apesar da altitude (três mil metros do nível do mar) – o que pode gerar alguns incômodos – caminhamos muito por lá, especialmente para conhecer o Centro Histórico. Nos deliciamos em restaurantes típicos, nos museus e garantimos: é um ótimo destino para conhecer com os pequenos!

Aí vão algumas das nossas dicas para conhecer a capital:

1 – Cerro Monserrate

Uma subida que pode ser cansativa – se for encarar 2.350 metros a pé –, curtindo a vista do funicular (uma espécie de vagão envidraçado que o leva até o topo) ou de teleférico: tanto faz. A atração é um dos passeios obrigatórios para quem vai à capital colombiana. Lá no alto, a Basílica Santuário do Senhor Caído de Monserrate (fundada em 1640!!) recebe de braços abertos o visitante, que pode se extasiar com a vista de 360 graus de Bogotá e arredores.

Ao sair do funicular há uma via-crúcis com 14 esculturas; no final está a basílica. Todo o complexo conta com ótima infraestrutura para famílias e turistas em geral, com banheiros, lojas e restaurantes (dois, considerados dos melhores da capital).

Como a altitude pode ser um problema – são 3.152 metros acima do nível do mar – esteja preparado para enjoos, dor de cabeça e cansaço excessivo. Leve água e um casaco para se proteger do vento frio que vem da cordilheira.

Para saber mais e comprar tickets para a subida, acesse http://www.cerromonserrate.com/es/#

 

2. Museo Botero

Nem toda criança gosta de museus, ou se comporta adequadamente em meio a obras de arte. Por isso, pense bem antes de levar os pequenos até lá. Se decidir levar, aproveite para apresentar ao filhote o maior artista plástico do país, e um dos maiores do mundo: Fernando Botero.

A principal característica do artista é o desenho de figuras humanas mais “cheinhas”, o que torna seus personagens sempre curiosos e simpáticos.

O museu fundado em 2000 tem acesso grátis e é dirigido pela Casa da Moeda; são dois andares e mais de 180 telas e esculturas doadas pelo artista, de sua coleção particular – são obras dele e de artistas como Pablo Picasso, Marc Chagall, Alberto Giacometti, Salvador Dalí, Gustav Klimt, Henri Matisse, Joan Miró, Claude Monet e Henri Toulouse-Lautrec.

O Botero não abre às terças-feiras, mas funciona de segunda a sábado (das 9h às 19h) e aos domingos (10h às 17h). O site oficial é o https://www.banrepcultural.org/bogota/museo-botero

3 – Chorro de Quevedo

Construído em 1960 como base militar, guarda hoje muitos dos museus da cidade (mais de 50!). Nesta região ficam diversos pontos turísticos, como a Plaza Bolívar, a Casa de Nariño (que é a sede do governo), o Capitolio Nacional e a Catedral Primada de Colômbia.

As ruas estreitas e com muitas subidas e descidas podem cansar um pouco, e andar com carrinho de criança pode ser um pouco complicado por conta das calçadas apertadas. Tire algumas horas para o passeio, aproveite e almoce em um dos restaurantes típicos.

4 – Museo del Oro

Um dos locais mais badalados para quem faz turismo por Bogotá – mas, sinceramente, não sei se por causa do cansaço do dia cheio de passeios, não gostamos tanto. É um dos maiores museus dedicado ao ouro do mundo, com obras pré-colombianas e explicação detalhada sobre a extração do metal. São três andares de exposições, fotos, desenhos e arte. O site oficial é o https://www.banrepcultural.org/bogota/museo-del-oro

5 – Catedral de Sal de Zipaquirá

Temos um post sobre este lugar incrível aqui neste link, mas, resumidamente, a mina onde está a Catedral de Sal localiza-se a 50 quilômetros de Bogotá. É considerada a primeira maravilha turística da Colômbia. São diversos corredores subterrâneos, escavados a uma profundidade que chega a 180 metros e dois quilômetros de caminhada. Acesse para mais informações em https://www.catedraldesal.gov.co/


América do Sul  Colômbia  Bogotá 
Todos os comentários
Deixe seu comentário
Seu nome
Email
Website, Facebook, Twitter
Seu comentário
Booking.com
Sobre o blog
Quem somos
Publicidade
Midia Kit
Anuncie aqui.

©Tem criança na viagem 2020. Todos os direitos reservados.