Três destinos para visitar (de novo ou pela primeira vez) em 2020 - Tem criança na viagem
Buscar
Três destinos para visitar (de novo ou pela primeira vez) em 2020
26/10/2019
Tempo de leitura: 4 minutos.

O final do ano começa a chegar nem tão de mansinho assim. E já é época de começar a preparar os passeios para 2020, né?

Há um tempo atrás a Revista Donna, do jornal gaúcho Zero Hora, publicou três dicas nossas de passeios a serem feitos em família. O pedido? Um destino no Rio Grande do Sul, um no Brasil e um no exterior.

Aproveitamos para indicar três que já fomos e gostamos muito: apesar dos diversos destinos no exterior, optamos por falar da Disney Shanghai – que não costuma ser visitada por brasileiros e que é uma grande opção para quem está na Ásia!

Se liga:


Destino estadual
Gramado

Gramado é uma delícia durante todo o ano e um destino muito tranquilo para ser feito com crianças de qualquer faixa etária. Nossa experiência para este texto foi quando a Sara estava com 4 anos – então já tinha idade para curtir alguns programas que não podia aproveitar tanto quando ainda era bebê. Voltamos lá diversas outras vezes, sempre tentando conhecer lugares diferentes.

Neste passeio incluímos o Mini Mundo no roteiro. Como faltavam poucas semanas para a Páscoa, o local estava mais lindo ainda, todo decorado nesta temática. A pequena quis tirar foto com toooodos os coelhos do parque! E o bacana é que, mesmo para quem já foi outras vezes, essa atração surpreende com alguma miniatura nova.

Em março, outra dica bacana é se hospedar em algum hotel que empreste bicicletas. Ficamos em um hotel próximo ao Lago Negro, que oferecia as bikes, inclusive com cadeirinhas. No final da tarde, saíamos os três para passear na volta do lago, que tem calçamento e boa iluminação. Mas lembre-se de levar repelente para não estragar a programação.

Foi nesta viagem que pela primeira vez levamos a Sara em um restaurante com sequência de fondue. Ela quis provar de todos, com queijo, carnes e frutas. Ainda hoje a gente dá risada quando lembra do comentário dela naquela noite: “Foi a melhor coisa que eu comi na vida!”.

Em todas as viagens, tentamos ajustar bem o orçamento, para o melhor custo-benefício. No caso de Gramado, vale ficar de olho em sites de compras coletivas, tanto para adquirir as refeições como para ingressos nas principais atrações. Afinal, toda economia é bem-vinda, nem que seja para voltar de lá com uns chocolatinhos a mais na mala, né?    

Destino nacional
Combo em Minas Gerais: BH, Ouro Preto e Tiradentes

Conhecemos Minas Gerais em um roteiro de quatro dias, quando visitamos Belo Horizonte (BH), Ouro Preto e Tiradentes. Dias muito gostosos com a encantadora acolhida mineira, programas ao ar livre e muito pão de queijo!

Assim como qualquer capital, BH tem inúmeras atrações. Destacamos o Complexo Arquitetônico da Pampulha, que é Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco. Seu ponto principal é a Igreja de São Francisco de Assis: uma obra de Oscar Niemeyer, com pinturas de Cândido Portinari, às margens da Lagoa da Pampulha. O legal é caminhar e deixar as crianças correrem na volta da lagoa. Só nos decepcionamos com os jardins mal cuidados e lixo no chão. Mas voltamos a nos apaixonar pela cidade em um passeio pela Praça da Liberdade, com jardins inspirados no Palácio de Versalhes (França) e um lindo corredor central de palmeiras imperiais.

Ouro Preto é uma cidade histórica, de arquitetura colonial e que concentra boa parte da obra de Aleijadinho. Avalie bem antes de levar crianças. A programação é feita a pé, por ladeiras com calçamento irregular. Além disso, são inúmeras visitas a igrejas e museus – lugares que exigem silêncio e cuidado com mãozinhas sapecas! No roteiro, incluímos uma mina, onde no passado havia extração de metais e pedras. A Sara, na época com 3 anos, topou entrar. O lugar apertado, escuro e úmido não agradou e ela começou a chorar. Saímos e o restante do grupo seguiu acompanhando as explicações da guia.

Tiradentes é super hospitaleira e repleta de pousadinhas aconchegantes. Seu conjunto arquitetônico, grande parte do século XVIII, é tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) desde 1938. Do Largo das Forras partem charmosos passeios de charrete para o Chafariz de São José, Museu Padre Toledo e igrejas. Até hoje a Sara se apressa em dizer que lembra dos nomes dos cavalinhos que puxaram as charretes do nosso grupo: Pangaré e Chapolin!
 

Destino internacional
Shanghai, na China

Em 2017, em um período sabático-familiar, viajamos durante três meses por seis países da Ásia. Foi quando visitamos a China. Organizando o roteiro, descobrimos o mais novo parque da Disney no mundo, que havia sido inaugurado em junho de 2016, em Shanghai. Com fácil acesso de metrô e ingressos bem convidativos (para dois adultos e uma criança, dois dias, desembolsamos o equivalente a cerca de R$ 900) lá fomos nós! Considerando a quantidade de atrações, shows e brinquedos, foi tempo suficiente para aproveitar o parque.


Não espere muita adrenalina na Disney Shanghai. É voltada a crianças menores, com até uns 7 anos de idade. O único brinquedo mais radical é o Tron – montanha-russa com motos. Entretanto, é um parque mega tecnológico. Adoramos dois brinquedos em especial: o Pirates of the Caribbean: Battle for the Sunken Treasure e o Soarin Over the Horizon. No primeiro, você entra num carrinho que flutua sobre a água, como se estivesse no próprio filme Piratas do Caribe. Efeitos complexos de som e imagem, às vezes rompendo a escuridão, parecem te colocar em alto mar. No outro, você senta em bancos com os pés suspensos e é guindado para a frente de uma grande tela em 3D, num passeio pelas asas de uma águia. É a simulação de um voo por lugares incríveis em diferentes partes do mundo.

A Disney Shanghai é para os orientais, com pratos da culinária chinesa, como sopa de noodles e bolinhos à base de carne de porco. Uma dica é sair do parque e dar uma caminhada pela Disney Town – rua com restaurantes e lojas. Por ali encontramos o “espaguete da princesa”, que nada mais era que uma massinha com molho de salsicha. Estava gostoso, não foi caro e deu conta do recado!

Quanto ao idioma, não se desespere: todas as instruções de segurança são passadas em inglês. Pena que, na maioria das atrações, os textos são em mandarim. Mas deu tudo certo, com a linguagem universal da diversão!

Aqui no site temos diversos posts sobre estes três destinos. Pesquise com carinho e se apaixone por estes lugares. Quem sabe você não faz um passeio em família e nos manda um texto beeem legal sobre a experiência, né?


Férias  Disney  Gramado  Xangai  Minas Gerais 
Todos os comentários
Deixe seu comentário
Seu nome
Email
Website, Facebook, Twitter
Seu comentário
Booking.com
Sobre o blog
Quem somos
Publicidade
Midia Kit
Anuncie aqui.

©Tem criança na viagem 2019. Todos os direitos reservados.