Atravessando a Tailândia de uma costa à outra - Tem criança na viagem
Buscar
Atravessando a Tailândia de uma costa à outra
30/09/2019
Tempo de leitura: 4 minutos.

Ficamos na Tailândia por quase um mês. E, claro, conhecemos muuuuitas praias, uma mais linda do que a outra.

Primeira cidade/praia visitada: Phuket

Optamos por fazer um roteiro “litorâneo” antes de ir para Bangkok por dois motivos: por estarmos com a Sara que, apesar de ser nossa parceirona, também precisa de distrações e tranquilidade que só uma praia oferece (ainda mais depois de circular pela Turquia sob um frio de até 3ºC… -, Singapura e Malásia); e por conta da própria organização do roteiro, já que chegar à Tailândia pelo sul nos deixava mais próximos das praias do que da capital.

Nosso roteiro tailandês foi o seguinte: Chegamos via Langkawi (na Malásia) por terra/mar em Phuket. De lá conhecemos as ilhas e praias do mar de Andaman (para quem olha o mapa, fica do lado esquerdo do país), como Phi Phi, Railay e Ao Nang, e, depois, também via terrestre e marítima, fomos para Koh Tao – do outro lado do território, já no Golfo da Tailândia.

Optamos em ir por terra por conta dos custos (é a viagem mais barata, em comparação à de avião) e pelo fato de termos tempo disponível. Entretanto, é muito importante considerar o fato de que as viagens são demoraaaaaaaadas, e nem toda criança é tranquila como a Sara em um trajeto como este…

Em uma pesquisa rápida você encontra voos de Krabi (Ao Nang é a praia mais famosa de Krabi…) para Koh Samui (onde está o aeroporto mais próximo de Koh Tao) por 3.350 Bahts (o equivalente, em março/2017, a R$ 455) por pessoa. A viagem dura uma hora, mas você deve ficar atento ao custo da bagagem extra. No nosso caso, como fizemos uma trip de três meses com uma criança, levamos cerca de 30 quilos de bagagem – o que tornou alguns trechos de avião bem mais caros.

Comprar a passagem via terrestre é tranquilo: se não quiser comprar via internet, vá em qualquer quiosque turístico que existem aos montes nestas praias. Neles você compra o combo completo – ônibus + barco – e, se quiser, ainda compra o transfer do hotel até o ônibus, e o táxi que, na chegada, te levará até o hotel onde você ficará. Nós só não compramos o táxi até o hotel. Gastamos 2.100 Bahts (o equivalente a R$ 285) para nós três. Bem mais barato, né? Vale lembrar que no valor citado acima para a passagem de avião não estão incluídos estes transfers…

Nossa preferência foi quase sempre pela Lomprayah, que é a principal fornecedora deste tipo de transporte por lá e oferece um serviço padrão – se não é o top, pelo menos você sabe que irá com segurança, algum conforto e será entregue são e salvo em seu destino.

O trajeto

As distâncias no mapa enganam. Não é porque é perto que não demora: de Ao Nang a Koh Tao são apenas 352 quilômetros; saímos as 11h e chegamos em Koh Tao depois das 19h. Há relatos de viagens mais longas – de até 12 horas. Então, se programe para não passar trabalho. Leve comidinhas, água ou sucos, e coisinhas para distração dos pequenos.

Nossas seis horas de viagem foram divididas assim:

– Transfer do hotel até a central da Lomprayah Krabi: todo mundo que vai sair de Ao Nang e vai com a Lomprayah é levado, ou deve ir, até esta central. De lá partem os ônibus para diversos destinos. É uma “bagunça organizada”, centenas de mochileiros, calorão, bolsas e malas espalhadas por todos os lugares, comida à venda, etc. É meio intuitivo e, como o inglês dos caras não é o bicho, é muito importante ficar ligado. Todos recebem adesivos onde está escrito o destino final para colar na bagagem e na roupa. Se não entender bem o que está acontecendo, identifique o grupo de pessoas com os mesmos adesivos que o seu. Neles está escrito o seu destino. E vá na fé. Segure a mão do filhote e siga a manada que vai dar tudo certo. E NÃO ESQUEÇA AS MALAS que foram deixadas em algum lugar por lá.

– Ônibus: Os ônibus na Tailândia em geral são confortáveis, mas sem luxo – pelo menos nos que andamos e nos valores que nos propomos a pagar. Não vimos avisos proibindo comer dentro do veículo – como os que vimos em Singapura e na Malásia. Como na maioria dos ônibus que andamos aqui na Ásia, leve AGASALHO. Não só para a criança, mas para você também. Acredite: eles ADORAM ar-condicionado. Também lemos bastante sobre o fato de os ônibus serem feitos para asiáticos – em geral de estatura mais baixa – e, por isso, mais apertados. Isso não chegou a ser um problema, apesar de o espaço entre bancos ser, sim, menor. Tem banheiro no ônibus, o que é um alívio. Mas leve papel higiênico.

– Barco: Sem aviso, o ônibus para em um píer e todo mundo – inclusive você – desce. Pegue as malas e siga o fluxo: depois de uma caminhada de uns cinco minutos se alcança um novo píer, onde o barco – confortável, mas novamente GELADO – está esperando. Durante a viagem você pode comprar bebidas e salgadinhos, o que ajuda a passar o tempo. Tem banheiro (não tem papel..) e dá para curtir a vista do lado de fora, pegando um vento no rosto.

Koh Tao é a última ilha do trajeto. Antes dela o barco para em Koh Samui, e depois em Koh Phangan. Este trecho durou cerca de duas horas – mas pode demorar mais. Nosso barco “singrou os mares” tranquilamente, mas se o mar não estiver para peixe e sacudir muito, prepare o estômago – e o saquinho de vômito… rsrsrs

A chegada a Koh Tao, via píer de Mae Haad, é como qualquer chegada de um bando de turistas na Tailândia. Você é cercado por gente oferecendo táxis e hotéis. Se você sabe para onde ir, baixe a cabeça e siga em frente. Se não, prepare-se para negociar. A dica de ouro na Tailândia é a seguinte: o primeiro preço nunca é o preço final. Os caras ESPERAM que você pechinche. Em muitos casos por aqui conseguimos reduzir em 50% a oferta inicial sem muito trabalho. E não se preocupe se eles parecem brabos com você: tudo faz parte do teatro.

Vai para a Tailândia e quer dicas de como atravessar o país? A gente tem aqui um post bem detalhadinho falando sobre o roteiro!

Quer saber mais sobre este roteiro? Fale com a gente!

Quer contar como foi sua experiência de viagem em família? Mande um email para temcriancanaviagem@gmail.com

Ah, de Koh Tao a gente vai, por 5 minutinhos de barco, à essa maravilha que é Koh Nangyuan!


Tailândia  Ásia  Viagemcomfilho 
Todos os comentários
Deixe seu comentário
Seu nome
Email
Website, Facebook, Twitter
Seu comentário
Sobre o blog
Quem somos
Publicidade
Midia Kit
Anuncie aqui.

©Tem criança na viagem 2019. Todos os direitos reservados.