Cid Martins e os filhos surfam nas ondas de SC - Tem criança na viagem
Buscar
Cid Martins e os filhos surfam nas ondas de SC
14/01/2017
Tempo de leitura: 2 minutos.
Um dos jornalistas mais premiados do Brasil, Cid Martins, da Rádio Gaúcha, é um apaixonado por surf. E passou este amor também para os filhos – João Pedro e Lorenzo. A mulher, Verônica, servidora do Estado, acompanha e curte junto. Cid conta abaixo um destes passeios em família – para Santa Catarina – quando os meninos tinham 13 e 8 anos de idade.
 
 
Uma das viagens mais legais que a gente fez foi no início de 2015. Foram vários roteiros, mas o certo é que o carro esteve sempre carregado, com três pranchas na capota e ao som de Bob Marley.
 
 
Cid e família na Barra: surf, sol e Bob Marley
 
 
A primeira dica: leve músicas que todos gostem. No caso, minha esposa teve de aturar o rei do reggae. Além disso, aconselho sempre levar uma bolsa térmica com suco, fruta, chocolate, entre outros. É econômico e evita paradas desnecessárias. Nas longas viagens, ainda levamos mini DVD ou os games nos celulares. É ótimo para amenizar o cansaço.
 
Fomos para a Barra da Lagoa, em Florianópolis, mas devido à época – fevereiro – ficamos entre esta praia, a praia Mole e a Joaquina. Óbvio, priorizando o surf e evitando os congestionamentos.
 
 
Farol de Santa Marta é praia de pescador e propícia ao surfe
 
 
A gente sempre fica em apart hotel, para poder fazer jantas e lanches. Também temos uma tenda desdobrável para ficar na areia o dia inteiro. É mais cômodo porque evita o monta e desmonta pela manhã e depois pela tarde. Protege mais do sol e tem espaço melhor. Levamos um cooler com sucos, cerveja e alguns alimentos, e daí só compramos sorvetes, milho cozido ou alguns pratos, como por exemplo, peixe frito. 
 
 
Em um dos dias, fizemos a trilha na Lagoinha do Leste. Para chegar na praia deserta, somente a pé, no meio do mato, com trilha moderada. É aconselhável não levar crianças com menos de 5 anos e levar muita água, alguns alimentos leves e bastante protetor solar. As crianças tomaram banho de rio, rolaram em dunas e tomaram banho em uma das águas mais limpas do Brasil. Não há casas no local. Deserto e lindo por natureza. Imperdível. 
 
 
 
Vale o esforço para encontrar o paraíso que é Lagoinha
 
 
Depois, fomos passar uns dias em Balneário Camboriú para agradar a Verônica: lojas, calçadão na beira-mar, quiosques e restaurantes. Mas surf também. Atenção porque é muita gente, tem esgoto e, à tarde, a sombra dos prédios encobre parte da areia. Dá para fazer belos passeios a pé à noite, passeios de barco e de teleférico. E vale passar em Brusque, cidade próxima, onde fizemos compras de roupas, toalhas, entre outras confecções, em apenas um dia. 
 
 
E ainda passamos um dia no Beto Carrero. Vale agendar antes: tem hotel que já tem o passaporte e, com isso, dá para garantir descontos. Evite ir de sexta a domingo: nos dias de semana é mais vazio.
 
 
Na volta, passamos dois dias no Farol de Santa Marta, em Laguna. Surf direto e praia típica de pescadores. Local para fazer trilhas, comer bom peixe e tirar belas fotos. Ainda dá para passear pela histórica Laguna e ir na casa da Anita Garibaldi.
 
 
Na Barra: tranquilidade nas férias em família
 
 
Ufa! Foram 20 dias de puro prazer e alegria em família. Se planejados, são econômicos e práticos. No retorno, no carro, valem as mesmas dicas da ida.
 
 

Praia  Brasil  Santa Catarina  Verão  Surf 
Todos os comentários
Os policiais que são fãs de Bombinhas - Tem criança na viagem
[…] curtir onda em Santa Catarina? Cid Martins e família dão as […]
Deixe seu comentário
Seu nome
Email
Website, Facebook, Twitter
Seu comentário
Sobre o blog
Quem somos
Publicidade
Midia Kit
Anuncie aqui.

©Tem criança na viagem 2019. Todos os direitos reservados.