Prós e contras de ir à Europa com criança menor de dois anos - Tem criança na viagem
Buscar
Prós e contras de ir à Europa com criança menor de dois anos
13/12/2016
Tempo de leitura: 2 minutos.
Está programando uma viagem à Europa e bateu a dúvida se leva ou não leva seu filho junto? A gente te ajuda! Em 2013, entre abril e maio, encaramos um mochilão em família pelo continente.
Na época, a Sara tinha um ano e nove meses de idade. Nem cogitamos ir sem ela, pois como era uma viagem de três semanas, o coração não ia resistir a tanta saudade…
img_2962
Levar os filhos junto dá trabalho. Mas vale a pena, né?
   

Prós

 

# Economia nas passagens

Crianças com menos de dois anos de idade (quando acomodadas no colo dos pais) não pagam passagens aéreas, somente as taxas de embarque. Em uma viagem para o exterior, você consegue economizar um valor considerável.

# Economia na hospedagem

Com essa idade, elas ficam no quarto dos pais e tomam café da manhã sem a gente precisar pagar um valor extra, além daquele já desembolsado para o casal.
img_2394
Hotéis não costumam cobrar a mais por crianças pequenas

# Idas ao banheiro

Como ainda usam fraldas, você não se estressa correndo atrás de um banheiro toda vez que o seu pimpolho avisa que está apertado e precisa urgentemente fazer xixi.

# Deslocamento com carrinho

Se a criança curte passear de carrinho, isso é uma mão na roda. Primeiro, porque a gente não cansa carregando ela no colo. E depois tem a questão da segurança: ela não vai se perder no meio do povo. E outra: se cansar, pode tirar uma sonequinha no carrinho. Levamos um modelo guarda-chuva, que foi despachado, sem custo extra, com a bagagem.

# Filas preferenciais

Na Europa, as pessoas costumam ser muito receptivas com crianças pequenas. Em Paris, fomos passados na frente de uma fila gigantesca quando chegamos no Museu do Louvre. Também fomos super bem tratados no Vaticano, onde nos encaminharam para um elevador vip.

# Alimentação

Com essa idade, a Sara ainda tomava bastante mamadeira. Além disso, comia uma variedade maior de frutas e verduras, o que facilitava bastante a alimentação.

# Tickets e ingressos

Crianças com essa idade ainda não pagam ingressos nos pontos turísticos nem tickets de metrô.

Contras

 

# Vôos longos

De São Paulo até Londres, que foi nosso ponto de desembarque na Europa, são 12 horas de vôo. Nesta fase, a Sara ainda não ficava muito tempo assistindo desenho e videozinhos. Então, foram muitos passeios pelo corredor para distrair a pequena.

# Poucas lembranças

Agora, com 5 anos, ela diz que não lembra dos lugares que conhecemos. E lá vamos nós mostrar as fotos, contando detalhes da viagem.

# Passaporte com pouca validade

Para crianças com até dois anos, o passaporte tem validade de dois anos. Então, logo você vai gastar para encaminhar um novo documento. Até já fizemos um post bem completinho sobre isto. Clique aqui para conferir.

# Programas noturnos

Você vai ficar só na vontade de conhecer a vida noturna da cidade. A menos que viaje com algum familiar ou babá junto…
img_3034
Brindes? Só se for fora da balada

Europa  Viagem com crianças  Crianças pequenas 
Todos os comentários
Marcela Nambu
Olá!! Adorei suas dicas! Estamos indo para Europa com a nossa filha que na época estará com 1ano e 10 meses. Estou na dúvida se realmente vale a pena levar o carrinho, depois que ela começou a andar eu nunca mais usei o carrinho. Não foi muito complicado ficar carregando além das bagagens o carrinho não? A intenção é viajar apenas com a bagagem de mão. Aguardo seu retorno. Um abraço
Josiane Rotta
Respondemos por email!!! ;-)
Deixe seu comentário
Seu nome
Email
Website, Facebook, Twitter
Seu comentário
Sobre o blog
Quem somos
Publicidade
Midia Kit
Anuncie aqui.

©Tem criança na viagem 2019. Todos os direitos reservados.